© 2019 por Inspirando Jovens de Sucesso - Embaixadores IJS -  Youth Assembly - ONU 2019

Maurício Nogueira Silvério

Tenho 17 anos e sou de Criciúma/SC. Sou programador estagiário na Organizze, aplicativo de controle financeiro. ODS: Quality Education; Decent Work & Economic Growth; Industry, Innovation & Infrastructure.

ODS 4 Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

A educação é a ferramenta mais poderosa que temos para transformar o mundo. Minha mãe é professora e constantemente vi as dificuldades que ela passa na sua profissão, sem ter a devida valorização. Além disso, sempre fui um dos alunos que nunca esteve satisfeito com o sistema educacional do nosso país. Por esses motivos, comecei a buscar oportunidades para fazer a diferença dentro da minha comunidade escolar. Fui eleito o presidente do Grêmio Estudantil do Colégio SATC - escola e faculdade com mais de 5000 alunos - em pleno segundo ano do ensino médio, em 2017, o que me fez sentir na pele o impacto da liderança na educação. Comecei meu mandato unindo estudantes de destaque que queriam fazer a diferença na escola, e juntos criamos três projetos de impacto na comunidade escolar e fora dela, são eles: debates políticos entre alunos, com o objetivo de tornar a juventude mais interessada em política e educação; uma campanha de arrecadação de fundos para Casa Guido, fizemos um movimento por toda comunidade e arrecadamos mais de R$5000,00 para essa instituição que cuida de crianças com câncer; e o campeonato de videogame, uma total inovação nos jogos escolares e que foi um grande sucesso, com exatamente 108 participantes. Todas essas ações causaram um impacto positivo que os alunos da SATC nunca tinham presenciado. O sucesso foi tão grande que essa experiência me deu bagagem suficiente para ser um dos 30 jovens brasileiros selecionados para participar do maior bootcamp sobre educação direcionada ao empreendedorismo social e liderança jovem da América Latina, o Brazilian Leadership Bootcamp, organizado pela Latin American Leadership Academy, que aconteceu em julho de 2018, em São Paulo. Voltei desse programa inspirado a causar ainda mais impacto na educação. Por isso, criei um projeto chamado Y-Support em parceria com o Yázigi Criciúma para dar aulas de inglês gratuitamente para aqueles que não podem pagar um curso e, hoje, também estou desenvolvendo uma startup chamada iDuk, que foi criada no Brazilian Leadership Bootcamp, para possibilitar que alunos de escolas públicas tenham acesso a bolsas de estudo nas melhores escolas particulares do Brasil. Nesses 17 anos de vida, minha história sempre esteve estritamente ligada à educação, e foi por meio dela que eu tive acesso às oportunidades mais incríveis da minha vida, como a The Youth Assembly, em New York. Por essa razão, escolhi defender a ODS 4: educação de qualidade. Quero proporcionar a outras pessoas a chance de transformar a vida delas por meio da educação, assim como eu transformei a minha.

ODS 8 Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos

Como diria Max Weber: "O trabalho enobrece o homem". Acredito que tudo está conectado. Se conseguirmos chegar a um momento da história da humanidade em que todos os seres humanos deste planeta tenham acesso a um trabalho digno, o crescimento econômico será apenas consequência. Precisamos dar liberdade aos empreendedores para que eles possam tocar os seus negócios de uma maneira segura, com previsões de lucro, pois, só assim, trabalhadores terão realmente acesso a algum tipo de trabalho e consequentemente a uma remuneração que os possibilitará viver decentemente e consumir, movimentando a economia. Meus pais batalharam muito para conseguir chegar no lugar em que eles estão profissionalmente hoje. Meu pai está realizando seu sonho de ter um negócio próprio após 29 anos trabalhando para realizar o sonho de outras pessoas. Minha mãe é feliz como professora de português há mais de 5 anos em uma das melhores escolas particulares da nossa região. Hoje, ambos têm uma condição financeira que nunca imaginaram nos momentos em que precisavam acordar cedo e pegar um ônibus lotado para ir trabalhar durante o dia, depois para faculdade e por final voltar para casa de madrugada, ou, no caso do meu pai, para ir vender picolé ainda quando criança, na necessidade de ajudar a por comida na mesa em casa. Além disso, eu sonho em ser um empreendedor. Quero ter uma empresa no ramo de educação que transforme o modo como as pessoas lidam com o conhecimento que adquirem tanto formalmente na escola e faculdade quanto por livros ou pela internet. Pretendo ter ao meu lado pessoas competentes e que compartilhem do mesmo propósito que eu: utilizar os tijolos da educação para construir a casa da mudança no mundo. E, para mim, essas pessoas têm de estar felizes trabalhando ao meu lado, senão eu estaria sendo hipócrita em querer mudar o mundo, sem sequer ligar para quem estiver do meu lado nessa missão. Por esses motivos que escolhi defender a ODS 8: trabalho decente e crescimento econômico. Quero ajudar as pessoas a terem acesso a um emprego que as deixem felizes e com folga financeira para viver de uma maneira digna, como todo ser humano merece viver. Atrelado à ODS 4 de educação de qualidade, para mim este é um dos objetivos mais importantes a serem cumpridos pelos países até 2030.

ODS 9 Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação

Indústria, inovação e infraestrutura são as consequências do cumprimento da ODS 4 (educação de qualidade) e também da ODS 8 (trabalho decente e crescimento econômico). É indispensável que as nações mundiais reflitam sobre os impactos ambientais e sobre possíveis caminhos para conseguirmos recuperar e não piorar situação do nosso planeta no futuro. A tecnologia e o empreendedorismo podem ser os grandes aliados na busca por uma solução. O fomento à inovação por meio das startups que estão facilitando a vida do homem no século XXI pode ser a grande chave para inibir as ações destrutivas que hoje temos com o meio ambiente. Por isso, a conexão com as outras ODS's mencionadas acima é essencial. Uma vez que a educação vire prioridade e sejam desenvolvidas pesquisas relacionadas ao tema, como por exemplo a tecnologia para dessalinizar o mar ou até para utilização de fontes alternativas de energia, novos empregos serão criados, novas indústrias totalmente limpas surgirão, e também novas estruturas e modelos de cidades sustentáveis poderão ser explorados. Tudo isso movimentará de maneira positiva a economia mundial e, sem prejudicar o meio ambiente, poderá criar um novo modelo de capitalismo sustentável, direcionado ao lucro e ao mesmo tempo a recuperação da Terra. Foram por esses motivos que também escolhi a ODS 9: indústria, inovação e infraestrutura. Sou fascinado por tecnologia, trabalho como desenvolvedor de software e sei do poder da programação e da tecnologia para transformar o modo como os seres humanos vivem. Poderemos sim viver em um mundo em que a inovação gere indústrias que melhorarão a infraestrutura ao redor do mundo.