© 2019 por Inspirando Jovens de Sucesso - Embaixadores IJS -  Youth Assembly - ONU 2019

Estefânia Oliveira

Tenho 22 anos, estudante de Engenharia de Produção Civil. ODS: Educação de qualidade; Empregos dignos e desenvolvimento econômico; Cidades e comunidades sustentáveis.

ODS 4 Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

Educação de qualidade é um dos objetivos de desenvolvimento sustentável mais importantes para mim. Convivi de perto com os desafios de uma educação pública defasada. Reconhecer a importância de uma educação de qualidade e buscar conhecimento em outros meios foi algo imprescindível para que eu pudesse alcançar diversas oportunidades como um bom emprego e uma bolsa em uma universidade. Por isso o meu maior desejo é que as pessoas ao meu redor possam ter acesso a educação e assim alcançar oportunidades dignas.

ODS 8 Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos

Crescimento econômico e trabalho decente é um dos ODS que tenho grande interesse, pois, alguns anos atrás fiz parte de um projeto da Fundação CDL-BH chamado "Programa Educação e Trabalho - PET". Esse projeto tem o objetivo de ser o elo entre os jovens em busca da primeira experiência profissional e empresas socialmente responsáveis. Através desse projeto muitas pessoas se desenvolveram profissionalmente e consequentemente contribuiram para a diminuição das desigualdades. A economia produtiva e digna traz consigo o empreendedorismo e geração de empregos.

ODS 11 Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis

Quando entrei na faculdade para cursar Engenharia de Produção Civil uma das áreas que mais me chamou a atenção foi a de gestão ambiental. Tive a oportunidade de realizar um projeto sobre a utilização de madeira plástica na produção de móveis e decks, reduzindo assim a quantidade de garrafas PET no meio ambiente. Em outro projeto sobre a utilização de Asfalto Borracha na pavimentação de vias, fiquei impressionada ao saber que no Kwait, mais especificamente na região desértica de Sulaibiya está localizado o maior aterro de pneus do mundo que possui mais de 7 milhões de pneus e pode ser visto do espaço. Esse aterro recebe pneus de todo mundo e eles não são reciclados, pois, é mais "barato" descarta-los no meio ambiente. Pude ver em pouco tempo como a falta de consciência ambiental e negligência das pessoas influenciam negativamente no desenvolvimento das cidades. As formas como foram tratadas as questões ambientais nas últimas décadas são refletidas hoje. Para mudar o amanhã é necessário começar agora.